Filosofia

Clasificado en Filosofia e Ética

Escrito el en português con un tamaño de 3,82 KB

 

Liberalismo
Definição
Liberalismo pode ser definido como um conjunto de princípios e teorias políticas, que apresenta como ponto principal a defesa da liberdade política e econômica. Neste sentido, os liberais são contrários ao forte controle do Estado na economia e na vida das pessoas.
O pensamento liberal teve sua origem no século XVII, através dos trabalhos sobre política publicados pelo filósofo inglês John Locke. Já no século XVIII, o liberalismo econômico ganhou força com as idéias defendidas pelo filósofo e economista escocês Adam Smith.
Podemos citar como princípios básicos do liberalismo:
- Defesa da propriedade privada;
- Liberdade econômica (livre mercado);
- Mínima participação do Estado nos assuntos econômicos da nação (governo limitado);
- Igualdade perante a lei (estado de direito);

Na década de 1970 surgiu o neoliberalismo, que é a aplicação dos princípios liberais numa realidade econômica pautada pela globalização e por novos paradigmas do capitalismo.

Funções do estado:
*Função policial - proteção dos indivíduos (um contra os outros)
*função judicial - arbitração de desavenças
*função militar - proteção dos indivíduos contra agressões externas
*funções sociais - educação, saúde, trabalho, seguridade social, infra-estrutura, meio ambiente, etc
*Funções reguladoras da atividade econômica - definindo normas q restringem ou ordenam a liberdade dos agentes econômicos, no caso do socialismo.
*participação direta e ativa na economia - como detentor, total ou mesmo parcial, dos meios de produtção


Socialismo
Socialismo refere-se a qualquer uma das várias teorias de organização económica advogando a propriedade pública ou colectiva e administração dos meios de produção e distribuição de bens e de uma sociedade caracterizada pela igualdade de oportunidades/meios para todos os indivíduos com um método mais igualitário de compensação[1]. O socialismo moderno surgiu no final do século XVIII tendo origem na classe intelectual e nos movimentos políticos da classe trabalhadora que criticavam os efeitos da industrialização e da sociedade sobre a propriedade privada. Karl Marx afirmava que o socialismo seria alcançado através da luta de classes e de uma revolução do proletariado, tornando-se a fase de transição do capitalismo para o comunismo[2][3].
O Socialismo Científico - saiba mais sobre a origem do sistema socialista, dialética, luta de classes, alienação, mais-valia e materialismo histórico. O site é ilustrado com uma história em quadrinhos para que o leitor possa entender melhor os conceitos apresentados.

O Fim do Socialismo - escrito por Henrique Rattner, professor da FEA-USP, discute os principais temas relacionados à crise do socialismo. Aborda questões sobre a passagem do socialismo utópico para o científico e o sistema no século XXI. Para quem busca por um texto atual e reflexivo sobre o tema.

Reflexões sobre o Socialismo - artigo escrito pelo economista Paul Singer. De forma reflexiva, aborda os desafios deste sistema político e econômico na atualidade.

Críticas ao socialismo
Entre os principais críticos do socialismo encontram-se John Stuart Mill, Alexis de Tocqueville, Karl Popper, Eugen von Boehm-Bawerk, Ludwig von Mises, Friedrich Hayek e Joseph Schumpeter.