Portugues

Clasificado en Língua e literatura

Escrito el en português con un tamaño de 8,59 KB

 
Radical é a parte que não muda na família de palavras.
Prefixo é a parte que vem antes do radical, alterando-lhe o sentido.
Sufixo é a parte que vem depois do radical, alterando-lhe o sentido.
Derivação prefixal 

O mesmo acontece na sala FELIZ. Todas as palavras têm o radical FELIZ:
Felizmente, infelizmente, felicidade, felicitar, felicíssimo. Cada uma quer dizer uma coisa diferente, concorda?
Existem várias maneiras de formar palavras.
Estas são algumas delas:
Derivação: quando acrescentamos prefixos e/ ou sufixos a um radical. Por exemplo: Automóvel (auto = prefixo; móvel = radical)
Infelizemente (in = sufixo; feliz = radial;mente = sufixo)
Felizmente (feliz = radical; mente = sufixo)
Composição: quando juntamos dois ou mais radicais numa palavra. Exemplos: Montanha-russa (montanha = radical; russa = radical)
Planalto (plano = radical; alto = radical)
Hibridismo: quando se usa partes de línguas diferentes para formar uma palavra.
Assim: Automóvel - auto vem do grego; móvel vem do latim.
Bananal - banana é um radical que vem de uma língua africana; al é um sufixo da língua portuguesa, a nossa língua.

Desinência: é a parte de uma palavra que indica a classe a qual esta pertence, ou a função da mesma, dentre outras informações.

As desinências podem ser classificadas em 3 tipos:

  • Número pessoal (DNP) -Indicam o número e a pessoa nos verbos.

Exemplo: na palavra Abraçamos temos: a, vogal temática, e mos, desinência Número pessoal.

  • Modo Temporal (DMT) - Indicam o modo e o tempo nos verbos

Exemplo: na palavra menina temos a desinência de gênero feminino a, enquanto que em meninas temos, além dela, a desinência de número s.

  • Verbo-nominais - indica as formas nominais dos verbos (infinitivo, gerúndio e particípio).

Exemplo: beber, Correndo, partido.
composição linguistica
A composição é o processo lingüístico através do qual uma nova palavra é formada pela união de dois outros elementos distintos, sejam eles palavras independentes ou sufixos e prefixos.

A composição pode ocorrer através de justaposição (ex: guarda-chuva, segunda-feira, passatempo) ou aglutinação (ex: Pernilongo, planalto).


 



Derivação (linguística
Derivação Prefixal
Prefixo

+ Palavra Primitiva
Ocorre derivação prefixal quando a palavra nova é obtida pelo acrescimo do prefixo, como em:
  • a + pôr = apor
  • semi + círculo = semicírculo
  • tri + ângulo = triângulo
  • contra + pôr = contrapor
  • ex + pôr = expor
  • im + pôr = impor
  • per + correr = percorrer
Derivação sufixal Palavra Primitiva + Sufixo
Ocorre derivação sufixal quando a palavra nova é obtida pelo acrescimo do sufixo como em:
  • casa + arão = casarão
  • chuva + oso = chuvoso
  • espaç + oso = espaçoso
  • casa + inha = casinha
  • casa + eiro = caseiro
Derivação parassintética 
Prefixo + Palavra Primitiva + Sufixo
Nela ocorre, ao mesmo tempo um prefixo e um sufixo, que se juntaram ao radical como em:
  • a + funil + ar = afunilar
  • en + gaiola + ar = engaiolar
  • a + manh(ã) + ecer = amanhecer

(É interessante observarmos que as derivações sempre serão dependentes pois, ao retermos uma das derivações a palavra fica sem sentido.)Derivação regressiva 

A palavra primitiva reduz-se ao formar a palavra derivada

Exemplos:
  • abalar = abalo
  • errar = erro
  • cortar = corte
  • debater = debate
  • recuar = recuo
Derivação imprópria 
Mudança gramatical nas palavras sem alteração da forma
Exemplos:
  • Porto - porto (vinho)
  • pereira - Pereira
Derivação prefixal e sufixal 
É quando o prefixo e sufixo vêm simultaneamente na palavra primitiva, mas com uma relação de independência.
Exemplos:
  • Infelizmente= Infeliz + Felizmente
  • Incompativelmente= Incopatível + Compativelmente

(Note que cada palavra é independente uma da outra, pode-se retirar uma das duas derivações que a palavra continua com sentido.)Para verificar se a derivação é parassintetica ou prefixal e sufixal, elimine o sufixo ou o prefixo e veja se a forma que sobra constitui uma palavra existente na lingua.ex: (em)palidecer - "palidecer" / forma inexistente / parassintética (in)felizmente - felizmente / forma existente / prefixal e sufixal