Eu amo jesus o meu deus e meu senhor.

Classificado em Religião

Escrito em em português com um tamanho de 4,38 KB.

 
Esse texto já é auto-explicativo, porém eu vou falar algumas coisas sobre ele.
Nós vemos aqui que Deus está sempre disposto a nos ajudar, seja da maneira que nós queremos, ou da maneira que Ele quer, pois as suas mãos não estão encolhidas. Pelo contrário, se elas não estão encolhidas, estão estendidas. Ele está sempre disposto e preparado pára te ajudar, pára te dar a salvação, pára te livrar, te dar o escape, ele está sempre disposto a ouvir as nossas petições. Pois ele é um Deus bom e misericordioso, no entanto, muitas das vezes somos nós que nos afastamos dele, nós pecamos, e aqui fica bem claro que os nossos pecados nos separam de Deus. Mas como assim? Todo mundo peca, eu peco, você peca, se for assim, então Deus não ouve a oráção de ninguém. Não, todos nós somos pecadores. Pecar é uma ofensa a Deus, no entanto Ele nos perdoa, pois ele sabe que nós somos maus e pecadores por natureza, desde o nascimento. Mas é diferente aquele que é pecador e aquele que vive em pecado. É diferente aquele que peca, no entanto se arrepende, se quebranta, chora pelos seus pecados, implora por perdão a Deus e luta pára não cair mais nesses mesmos pecados, do que aquela pessoa que já está na prática do pecado e perdeu a sensibilidade de seus próprios pecados, ela já não sente mais o peso, não sente culpa. Porque? Porque ela já está afastada de Deus, Ela mesmo se afastou de Deus, então seu louvor é frio, sua oráção é fria, ela vem a casa do Senhor por vir, porque não tratou dos pecados, não se concertou, enquanto Deus estava lá, estendendo sua mão, a própria pessoa recusou a ajuda de Deus, e se afastou Dele.
Tem uma coisa interessante neste versículo que é bom nós prestarmos atenção. Se você ler um pouco mais pára trás, você verá que esta palavra está sendo direcionada a família de Jacó, à casa de Jacó, um povo de descendencia direta de Abraão, um povo de Deus. Pessoas que como mesmo está escrito aqui, era um povo que buscava o Senhor, que jejuava, no entanto não recebiam respostas de Deus. E o que eu aprendo sobre isso?A vezes você pode ser um conhecedor da palavra, uma pessoa que vem a igreja todo santo dia, é uma pessoa que jejua e que hora. No entanto as tuas oráçoes não chegam ao altar, Deus não escuta, existe um muro gigante entre você e Deus, por causa da vida de pecado que você leva, por causa das tuas iniquidade que você não trata. Tudo isso são ofenças à um Deus Santo. Deus não desistiu de você, as mãos deles não estão encolhidas pára te dar a salvação. Mas você negligencia o pecado, acha que pecar é normal, que é só pedir perdão que tá tudo bem. Mas não é bem assim. Sabe o que é pior que macumba? Trabalhos de feitiçarias? Você conhecer a palavra de Deus, vir a casa do Senhor, e viver uma vida de pecados, de mentiras, de imoralidade.
Existem pecados que as vezes você nem enxerga mais, de tão comum que ele já se tornou pra você, você convive com ele, não sente mais o peso. Isso é a iniquidade. E qual é o segredo pra conseguir abandonar essa vida de pecados e quebrar as correntes do inferno? Péça a Deus a convicção dos seus pecados, péça que ele tire as vendas de seus olhos e lhe mostre tudo que está de encoberto, e se arrependa, chore, não pare de orar e pedir perdão, até que as lagrimas desçam e Toquém o chão. E lute contra o seu pecado, não aceite o pecado, pois os pecados separam Deus de nós. Eu falo por experiencia própria. Eu tinha alguns pecados que eu só consegui ser liberto após muito quebrantamento. Fáça isso, se humilhe diante de Deus, vá se humilhando e confessando todos os seus pecados e clamando pela cura da sua alma, até que as lagrimas desçam. Então o muro que te separa de Deus, será quebrado, e o Senhor te ouvirá.

Entradas relacionadas: