Antropologia da renascença

Classificado em Psicologia e Sociologia

Escrito em em português com um tamanho de 3 KB.

 

Tema da antropologia é a evolução humana.

Antropologia é uma ciência que se interessa por ideias, valores, símbolos, normas, costumes, crenças, invenções, ambiente etc., portanto, encontra-se associada a outras ciências (direito, sociologia, política, história, geografia, linguística)

Dificuldade de se definir o objeto: Lévi-Strauss: a antropologia não se distingue das outras ciências humanas e sociais por um objeto de estudos que lhe seja próprio.

Começa estudando as sociedades ditas primitivas

Vínculo da antropologia fica evidente ao se estudar sociedades complexas, modernas, civilizadas.

Objeto: A antropologia visa conhecer o homem inteiro, o homem em sua totalidade, isto é, em todas as sociedades e em todos os grupos humanos. Esse entendimento confere à antropologia um tríplice aspecto: a) de ciência social: na medida em que procura conhecer o homem como indivíduo integrante de sociedades, comunidades e grupos organizados; b) de ciência humana: quando procura conhecer o homem através de sua história, suas crenças, sua arte, seus usos e costumes, sua magia, sua linguagem etc.; c) de ciência natural: quando procura conhecer o homem por meio de sua evolução, seu patrimônio genético, seus caracteres anatômicos e fisiológicos.

Antropologia e humanismo: Antropologia visa fundar ou constituir um saber científico que toma o homem como objeto.

A antropologia procede de certa concepção do mundo ou de uma maneira original de colocar os problemas, uma e outra descoberta por ocasião do estudo de fenômenos sociais que tornam manifestas certas propriedades gerais da vida social. Por essas razões, entende que a antropologia funda um humanismo democrático que clama pela reconciliação do homem com a natureza.

Humanismo: Movimento intelectual difundido na Europa durante a Renascença e inspirado na civilização greco-romana, que valorizava um saber crítico voltado pára um maior conhecimento do homem e uma cultura capaz de desenvolver as potencialidades da condição humana.

Conjunto de doutrinas fundamentadas de maneira precípua nos interesses, potencialidades e faculdades do ser humano, sublinhando sua capacidade pára a criação e transformação da realidade natural e social, e seu livre-arbítrio diante de pretensos poderes transcendentes, ou de condicionamentos naturais e históricos.Etapas do Humanismo: Antropologia é a forma mais antiga e geral do que se costuma designar por humanismo. O humanismo pode ser decomposto em três etapas: a) a da Renascença; b) a dos séculos XVIII e XIX; e c) a atual.

Entradas relacionadas: