Invasão angiolinfática

Classificado em Medicina e Ciências da Saúde

Escrito em em português com um tamanho de 2,75 KB.

 
Um tumor é uma massa anormal de tecido, cujo crescimento é virtualmente autônomo e excede o dos tecidos normais. Ao contrário das proliferações não neoplásicas, o crescimento dos tumores persiste após a interrupção dos estímulos que iniciaram a alteração.
Classificação: Benignos e Malignos
Nomenclatura:  (Parênquima e Estroma)  Baseia-se nas carácterísticas do parênquima. Benignos e malignos
Carácterísticas das neoplasias benignas e malignas:
1. Diferenciação e anaplasia.
2. Pleomorfismo nuclear e celular
3. Hipercromatismo
4. Relação núCléo citoplasma
5. Mitoses abundantes
6. Células gigantes tumorais
7. Desarranjo arquitetural
8. Displasia: crescimento desorganizado
9. Velocidade de crescimento
10. Modo de crescimento
11. Invasão local
12. Cápsula
13. Tratamento cirúrgico: margem de segurança
14. Metástases
15. Recidivas.
16. Caquexia.
Fatores predisponentes:
​Ambientais e geográficos
​Idade
​Hereditariedade
​Distúrbios pré-neoplásicos adquiridos:
1. Cirrose hepática
2. Gastrite atrófica
3. Colite ulcerativa crônica
4. Leucoplasia de mucosas oral e vaginal
Base molecular do câncer:
​O câncer é uma doença genética.
A lesão genética é adquirida nas células somáticas através de agentes ambientais ou hereditária na linha germinativa.
Os tumores desenvolvem-se como progênie clonal de uma única célula progenitora geneticamente lesada.
Angiogênese tumoral
Agentes carcinogênicos:
​Carcinogênese química: iniciação(indução) e promoção
​Carcinogênese por irradiação: leucemias, câncer de pulmão em mineiros de elementos radioativos
​Carcinogênese viral
Defesa do hospedeiro contra os tumores
Gradação e Estadiamento dos tumores
Diagnóstico laboratorial do câncer:

Entradas relacionadas: