Pena em caso de homicídio privilegiado

Classificado em Direito

Escrito em em português com um tamanho de 2,14 KB.

 
3) 
Crime complexo - estupro
crime de ação única - homicídio
Crime plurissubjetivo - quadrilha
Crime Habitual - curanderismo
crime acessório - receptação
crime próprio - peculato
crime falho - tentativa perfeita
crime permanente - sequestro 
crime de ação múltipla - induzir, instigar, prestar auxílio ao suicida
crime preterdoloso - lesão corporal seguida de morte
4) X com animus necandi desfere golpes de faca contra Y. Este removido pára o hospital sendo submetido a cirurgia vindo a falecer em virtude de anestesia, por choque anafilátiço. X responderá por qual crime?
RESPOSTA : Por homicídio consumado e não teve rompimento do nexo causal.
5)
X com animus necandi atira contra Y, ferindo-o gravissimamente. Y é colocado numa ambulância que por imprudência do motorista sofré acidente vindo Y a morrer por fraturas de crânio decorrente do acidente. Por qual crime X responderá? E por qual crime o motorista responderá?
RESPOSTA: X responde por tentativa de homicídio.
E o motorista por homicídio culposo, e nesse caso teve rompimento do nexo causal.    
2)
I
   A analogia é fonte formal imediata do direito penal, porque cabe onde há uma lacuna no ordenamento.
II   A analogia pode ser aplicada em todos os casos semelhantes.
III  A analogia sera in malam partem quando tender ao acréscimo do ius puniendi ou in bonam partem quando tender a limitação do direito de punir.
IV A analogia é importante ferramente integradora e não interpretativa.
RESPOSTAS CORRETAS NÚMERO III e IV  

Entradas relacionadas: