Prova 4.2

Classificado em Medicina e Ciências da Saúde

Escrito em em português com um tamanho de 4,48 KB.

 

*doenças d +prevalencia na boca:periodontia,cárie,cancer bucal,fissura lábio palatal,má oclusão.

*Receita d flúor: Fulana d Tal. USO EXTERNO: -Fluoreto de sódio 0,05%----200ml. Bochechar 1x dia,1col.Sopa p/1min.Cuspir e ñ enxaguar.13/12/2012.

*A vígilância sanitária-objetivos:vão desde o apoio técnico as equipes, assessoramento das ações do municípió e auditorias.As ações desenvolvidas são de caráter preventivo, orientador, regulador, fiscalizador e em última instância punitivo.Devem observar se o processo de fluoretação está ocorrendo de modo contínuo e nos níveis adequados;Subsidiar o estabelecimento de relações com as empresas responsáveis pela adição de flúor visando a resolução de falhas e problemas encontrados;Avaliação do impacto epidemiológico da medida, quanto  à redução da incidência de cárie, bem como, prevenir efeitos decorrentes de teores elevados contínuos de flúor nas águas.

*Pára iniciar o planejamento de um sistema de vígilância de fluoretação de águas em um municípió é necessário reunir certas informações, Taís como:Teor adequado de flúor na localidade, em função da média das temperaturas máximas anuais;Existência ou não de flúor natural nas águas da localidade e seu teor;Situação da rede de abastecimento da localidade, incluindo o número de fontes, estações de tratamento, áreas de abrangência e cobertura populacional;Data de início da fluoretação, composto de flúor utilizado e possíveis períodos de interrupções do processo.

*Desvantagens Sal fluoretado:As variações de consumo do sal são muito amplas, o que exige cuidados especiais na determinação do teor de flúor, principalmente em relação aós altos consumidores de sal que poderiam apresentar problemas colaterais.Sistema de controle é de difícil implementação . Consumo de sal tem sido cada vez mais associado à ocorrência de hipertensão, gerando uma incômoda discussão entre profissionais de Sáúde pública.“A fluoretação do sal deve ser considerada onde a fluoretação da águá não for factível devido a razões técnicas, econômicas ou sócio-culturais;a concentração ótima precisa ser determinada com base em estudos de ingestão do sal.”


Técnica de Fones: A criança empunha a escova e com os dentes cerrados, faz movimentos circulares na face vestibular de todos os dentes superiores e inferiores, indo do último dente de um hemiarco a outro. Nas faces palatinas ou linguais, os movimentos também são circulares, com a boca aberta. Nas faces oclusais e incisais os movimentos são no sentido  ântero-posterior.Scovar língua.

Técnica de Stillman Modificada: A escova é colocada com o longo eixo das cerdas lateralmente contra a gengiva e as cerdas são deslizadas de gengival pára oclusal ou incisal. Quando as cerdas estiverem junto ao ponto de contato dos dentes, fazem-se movimentos vibratórios. O movimento é o mesmo pára os arcos superior e inferior e pára as superfícies vestibular e lingual. Nas faces oclusais e incisais os movimentos são no sentido ântero-posterior.Scovar língua

Técnica de Bass: Durante a escovação as cerdas são forçadas diretamente no sulco gengival, num ângulo de 45 graus com o eixo do dente. Com as cerdas o máximo possível pára dentro do sulco, faz-se um movimento curto pára frente e pára trás, vibratórios deslocando todo o resíduo existente na área.Deslizar a escova de gengival pára oclusal em toda as faces vestibulares, linguais e palatinas. As superfícies oclusais são escovadas movendo a escova pára frente e pára trás. Escovar a língua no final. Esta técnica tem sido recomendada pára pacientes portadores de aparelhos fixos.Scovar língua.


*Absorç d flúor somente na forma solúvel,entra na corent sanguinea e retorna a saliva,é eliminado no suor,urina,fezs.

*Criança 8anos-atenç primária:cuidados 1ºM permanent,aplkr flúor,orientaç em saude,scovaç orientada,orientar pais,exams e manutenç periodik

Entradas relacionadas: