Geologia de petroleo

Classificado em Geografia

Escrito em em português com um tamanho de 13,21 KB.

 

1. O que é a Teoria da Tectônica de placas? Quais são seus elementos básicos?
Esta associada à dinâmica interna da terra, temos a chamada isostasia que é dada pelo equilíbrio entre o material mais e menos denso. O magma quando se movimenta acaba levando as placas (crosta terrestre) também conhecidas como litosfera que é subdividida entre crosta continental e oceânica.
2. Quais as características geológicas dos limites das placas tectônicas?
Energia = Calor do Sol
Variação de clima = Aquecimento x Resfriamento / Umedecimento x Secamento.
O intemperismo transforma pela ação dos fenômenos climáticos (SEDAI);
Sedimentação, Erosão, Deslizamento, Assoreamento e Inundação.
3. Qual é o motor que move a tectônica de placas?
São correntes de convecções formadas sob altas temperaturas. (Havendo variações de calor) e conseqüências.
4. Quais são os principais minerais formadores das rochas?
São os silicatos. (Micas / Feldspatos).
5. Quais são as propriedades físicas dos minerais?
Hábito, Clivagem, Brilhos, Magnetismo, Cor e Traços.
6. Como a clivagem das micas está relacionada com sua estrutura atômica?
Clivagem = Estrutura Cristalina dos Minerais.
Onde há ligações mais fracas entre os átomos nestes pontos de clivagem tanto no mineral quanto a mica.
7. Cite três grupos de minerais que não sejam silicatos, de acordo com sua composição química.
Carbono, Sulfato, Óxidos (CARSUOX)
8. O que determina a dureza dos vários tipos de rochas que se formam nas profundezas e na superfície da Terra?
A dureza é determinada pelos vários tipos de minerais e sua organização.
9. Quais são os três tipos de rocha e como eles se formam?
Ígneas = Pela solidificação do magma (muito silicato).
Metamórficas = Através de rochas pré-existentes e sob elevadas condições de pressão e temperatura.
Sedimentares = Por sedimentos depositados graças à ação do intemperismo.
10. Como o ciclo das rochas descreve a formação deste como produto dos processos geológicos?
Cada classe pode se transformar em outra por intemperismo.
11. Que processo geológico transforma uma rocha sedimentar em ígnea?
Através do Tectonismo, quando uma das placas sofrem Subducção.

12. A medida que o magma esfria, o que pode causar diferenças no tamanho dos cristais de duas rochas intrusivas, uma com cristais de aproximadamente 1 cm de diâmetro e outra com cristais de 2 mm de
diâmetro?
De acordo com a profundidade da Consolidação do Magma.
13. Quais são as diferenças entre rochas ígneas intrusivas e extrusivas?
As rochas ígneas intrusivas, são formadas pelo resfriamento do magma no interior da crosta, e as rochas ígneas extrusivas são formadas pelo resfriamento do material expelido por erupções vulcânicas.
14. Quais são as diferenças entre metamorfismo regional e de contacto?
Metamorfismo de contacto este diretamente relacionado com intrusões magmático, e por estar em elevada temperatura causa uma instabilidade nos minerais das rochas, modificando o arranjo estrutural dos minerais que formam novas ligações químicas, formando então um novo mineral.
Metamorfismo Regional esta relacionado com limites convergentes, onde se verificam altas temperaturas e pressões.
15. Quais são as diferenças entre rochas sedimentares clásticas e químicas ou bioquímicas?
Clasticas: são compostas por fragmentos de materiais derivados de outras rochas.
Bioquímicas: se formam quando o líquido no qual os detritos minerais foram dissolvidos se torna saturado, resultandon na formação de belos cristais.
16. Dos três grupos de rochas, quais se formam na superfície terrestre quais se formam no interior da crosta?
Interior= igneas intrusivas exterior = igneas extrusivas, metamorficas.

17. Embora as rochas ígneas, metamórficas e sedimentares tenham diferenças marcantes, todas são classificadas utilizando-se quase os mesmo princípios gerais. Que características das rochas são comuns à
classificação das três categorias?
Estrutura, Granulação, Dureza, Cor, Minerais, Textura e Origem
18. Como são classificadas as rochas ígneas?
Intrusivas, Extrusivas, Filonianas e hipoabissais.
19. Com e onde se formam os magmas?
O magma é formado pela sopa de silicato, sob alta temperatura e pressão, situadas dentro de câmaras magmáticas localizadas entre 15 a 150 km de profundidade.
20. Quais são as formas de ocorrência de rochas ígneas intrusivas?
São rochas formadas pelo resfriamento do magma no interior da crosta, podendo aparecer na forma de Granito, Gabro e Sienito.
21. Como as rochas ígneas estão relacionadas com a tectônica de placas?
Quando uma rocha pré-existente se funde, todos os seus componentes minerais são destruídos e seus elementos químicos são homogeneizados, resultando em um líquido aquecido. À medida que o magma esfria, cristais de novos minerais crescem e formam novas rochas ígneas. A fusão e a formação de rochas ígneas ocorrem preferencialmente ao longo das bordas colisionais ou divergentes das placas tectônicas, bem como em plumas mantélicas.Logo essa é a relação entre as rochas ígneas e a tectônica de placas22. Por que as rochas intrusivas têm granulação grossa e as rochas extrusivas têm granulação fina?

23. Que tipo de minerais podem ser encontrados em uma rocha ígnea máfica?
Os minerais mais comuns que entram na formação das rochas máficas são as olivinas <http://pt.wikipedia.org/wiki/Olivina>, piroxenas <http://pt.wikipedia.org/wiki/Piroxena>, anfíbolas <http://pt.wikipedia.org/wiki/Anf%C3%ADbola>, biotite <http://pt.wikipedia.org/wiki/Biotite> e outras micas <http://pt.wikipedia.org/wiki/Mica>, augite <http://pt.wikipedia.org/wiki/Augite> e, quando a riqueza em cálcio é maior, as plagioclases <http://pt.wikipedia.org/wiki/Plagioclase> e feldspatos <http://pt.wikipedia.org/wiki/Feldspato>.

24. Que tipos de rochas ígneas contêm quartzo?
As rochas da família do granito, que são compostos por quartzo e diversos outros tipos de minerais.
25. Que diferenças no tamanho dos cristais você esperaria encontrar em duas soleiras (sills), sendo que uma delas foi intrudida a uma profundidade de cerca de 12 km, onde a rocha encaixante era muito quente, e a outra a uma profundidade de 0,5 km, onde a rocha encaixante era moderadamente quente?
Quanto maior for a profundidade, melhor será o desenvolvimento do cristal devido ao lento processo de resfriamento do magma, levando a crer que a uma profundidade de 12 km o cristal estará melhor desenvolvido do que em uma profundidade de 0,5 km.
26. Porque ocorre o vulcanismo?
É uma das conseqüências decorrentes do movimento das placas tectônicas.
27. Como o vulcanismo está relacionado à tectônica de placas?
As correntes de convecção do manto que movimentam os fragmentos da crosta (placas tectônicas), que levam as seguintes conseqüências.

28. Qual é a associação entre limites de placas e vulcanismo?
Nas zonas de subducção (limites) onde as placas oceânicas mergulham abaixo das placas terrestres, levam a formação de diversos vulcões.
29. O que é intemperismo e quais são os seus controles geológicos?
É o conjunto de fenômenos físicos e químicos que levam a degradação e enfraquecimento das rochas. ***
30. Como o intemperismo químico atua?
O principal agente do intemperismo químico é a água, transformando os fedspatos e micas em argila, ao passo que o quartzo permanece inalterado.
31. Quais são os processos de intemperismo físico?
Conduzem a degradação da rocha sem que haja uma alteração química, os principais agentes são a variação de temperatura, cristalização de sais, congelamento e atividades de seres vivos.
32. De que modo os solos se formam como produto do intemperismo?
Devido a remoção de substancias em solução, o resultado leva a formação de solos.
33. Como a chuva abundante afeta o intemperismo?
Com a abundancia da água da chuva, leva a ocorrência do intemperismo químico, transformando os feldspatos e micas em argila, se expandindo com a água da chuva e se retraindo após a seca, levando a fragmentação da rocha.
34. Qual das duas rochas altera-se mais rápido, o granito ou o calcário?
Calcáreo.
35. Como o intemperismo físico afeta o intemperismo químico?
O intemperismo físico ocorre em diversas formas, e ambas podem interferir no intemperismo químico, como por exemplo, as raízes das árvores que trabalham como agentes intempéricos, abrindo passagem para a água da chuva, que por sua vez é o principal agente do intemperismo químico.
36. Como o clima influencia o intemperismo químico?
A alteração do clima leva a uma degradação da superfície da rocha, contribuindo para a formação dos solos, logo os climas quentes e úmidos geram variações químicas.
37. Quais são os principais fatores que controlam a formação dos diferentes tipos de solos?
O intemperismo transforma pela ação dos fenômenos climáticos, que contribuem para a formação dos diferentes tipos de solos (sedimentos).
38. O que acelera a erosão do solo?
A presença de solos não coesivos e abundancia de água pluvial.
39. Quais são os principais processos formadores das rochas sedimentares?
O intemperismo transforma pela ação dos fenômenos climáticos que levam a degradação das rochas, e depositando fragmentos em bacias sedimentares.

40. Qual o processo que transforma o sedimento em rocha sedimentar?
Elevada pressão, temperatura e ação do tempo.

42. Como e com base e que critério são subdivididas as rochas sedimentares clásticas?

43. Que tipo de rochas sedimentar foram originalmente formadas pela evaporação da água do mar?

44. Relacione dois tipos de rochas sedimentares onde são encontrados petróleo e gás.
Os estratos sedimentares formam excelentes reservatórios ( rochas sedimentares porosas e permeáveis) e também rochas selantes que quando combinados podem formar armadilhas para hidrocarbonetos.

45. Defina ambiente de sedimentação e relacione três tipos de ambientes clásticos.

46. Que fatores causam o metamorfismo?
Alteração de temperatura e pressão, que levam a instabilidade dos minerais resultando em novos arranjos estruturais, levando a formação de novas rochas.

47. Quais são os tipos de metamorfismo?
Regional e de Contacto.

48. Quais são os principais tipos de rochas metamórficas?
Mármore, Ardosia, Quartzo, Xisto e outras.

49. Como as rochas metamórficas se relacionam com os processos de tectônicas de placas?

50. Que tipo de metamorfismo está relacionado com intrusões ígneas?

51. A que se refere a orientação preferencial em uma rocha metamórfica?

52. Cite um mineral comumente encontrado em um xisto e que mostre orientação preferencial.
Micas

53. Qual a diferença entre um xisto e um gnaisse?
Os xistos são formados principalmente por quartzo e micas, e os gnaisses são formados por diversos minerais como feldspato potássico, quartzo, biotita e outros, sendo considerado quartzofeldspática.

Entradas relacionadas: