O que é transparencia em sistemas

Classificado em Computação

Escrito em em português com um tamanho de 12,26 KB.

 

COM COMUNICAÇÃO PERSISTENTE, UM RECEPTOR GERALMENTE TEM SEU PRÓPRIO BUFFER LOCAL NO QUAL MENSAGENS PODEM SER ARMAZENADAS QUANDO O RECEPTOR NÃO ESTIVER EM EXECUÇÃO. Pára CRIAR TAL BUFFER, TALVEZ SEJA PRECISO ESPECIFICAR SEU TAMANHO. CITE UM ARGUMENTO A FAVOR E OUTRO CONTRA A ESPECIFICAÇÃO DO TAMANHO.

RESPOSTA: AO ESPECIFICAR O TAMANHO DO BUFFER, ADQUIRI-SE UMA LIMITAÇÃO A QUANTIDADE DE MENSAGENS, POIS SE O BUFFER FOR PEQUENO, Corré O RISCO DE NÃO RECEBER TODAS AS MENSAGENS ENVIADAS, SE O BUFFER FOR GRANDE, Corré O RISCO DE FICAR COM ESPAÇO DE BUFFER OCIOSO.

DÊ UM EXEMPLO EM QUE MULTICASTING TAMBÉM É ÚTIL Pára FLUXOS DISCRETOS DE DADOS.

RESPOSTA:  SWITCHES, TV A CABO ATRAVÉS DE MODEM IP.

COMO VOCÊ PODERIA GARANTIR UM ATRASO MÁXIMO FIM-A-FIM QUANDO UM CONJUNTO DE COMPUTADORES ESTIVER ORGANIZADO EM ANEL (Lógico OU FÍSICO)?

RESPOSTA: DEIXAMOS UM SINAL CIRCULAR OANEL. CADA COMPUTADOR É AUTORIZADO A ENVIAR DADOS PELO ANEL (NA MESMA DIREÇÃO DO SINAL ) SOMENTE QUANDO O SINAL ESTIVER TRAVADO. ALÉM DISSO, NENHUM COMPUTADOR ESTA AUTORIZADO A TRAVAR O SINAL POR MAIS DE T SEGUNDOS. EFETIVAMENTE ASSUMIMOS QUE A ENTRE DOIS COMPUTADORES ADJACENTES  É LIMITADO.O SINAL TERÁ UM TEMPO MÁXIMO DE CIRCULAÇÃO, O QUAL CORRESPONDE AO ATRASO FIM A FIM MÁXIMO Pára CADA PACOTE ENVIADO.

DÊ UM ARGUMENTO TÉCNICO INTERESSANTE Pára EXPLICAR POR QUE A POLÍTICA TOMA-LÁ-DÁ-CÁ, COMO USADA EM BITTORRENT, ESTÁ LONGE DE SER ÓTIMA Pára COMPARTILHAMENTO DE ARQUIVOS NA INTERNET.

RESPOSTA: REDUÇÃO REPENTINA DA VELOCIDADE DE DOWNLOAD: PODE ACONTECER QUANDO HÁ POUCOS SEEDS NO SWARM E ESTES FICAM INDISPONÍVEIS (O COMPUTADOR PODE TER SIDO DESLIGADO, POR EXEMPLO). É POR ISSO QUE É IMPORTANTE QUE VOCÊ PERMANEÇA CONECTADO POR PELO MENOS ALGUNS MUITOS APÓS O TÉRMINO DE DOWNLOAD - É UMA FORMA DE AJUDAR OUTROS USUÁRIOS A COMPLETAR O PROCEDIMENTO;

- TORRENTS SEM SEEDS COM O PASSAR DO TEMPO: UM DOS PRINCIPAIS PROBLEMAS DO BITTORRENT É QUE, COMO O PASSAR DO TEMPO, OS TORRENTS PODEM FICAR SEM SEEDS. ISSO ACONTECE PORQUE AS PESSOAS REMOVEM O ARQUIVO BAIXADO DO SEU COMPUTADOR, TROCAM O SEU NOME, MUDAM A SUA PASTA E ASSIM POR DIANTE;

- CONSUMO DE QUASE TODA A LARGURA DE BANDA: PODE ACONTECER DE O PROCEDIMENTO DE DOWNLOAD UTILIZAR QUASE TODA A VELOCIDADE DA SUA CONEXÃO À INTERNET. SE ESTA FOR COMPARTILHADA, OS DEMAIS USUÁRIOS PODERÃO SER AFETADOS. Pára EVITAR PROBLEMAS DO TIPO, É RECOMENDÁVEL LIMITAR AS TAXAS DE DOWNLOAD E UPLOAD EM SEU CLIENTE DE BITTORRENT.

CARROS MODERNOS ESTÃO REPLETOS DE DISPOSITIVOS ELETRÔNICOS. DÊ ALGUNS EXEMPLOS DE SISTEMAS DE REALIMENTAÇÃO DE CONTROLE EM CARROS.

RESPOSTA: PARK ASSISTANCE, O CARRO ESTACIONANDO SOZINHO.

 LIGAÇÃO DO MOTOR E AR CONDICIONADO A DISTÂNCIA, Pára IR REFRIGERANDO O CARRO.

DISPOSITIVO START-STOP, QUE DESLIGA O MOTOR Pára ECONOMIZAR COMBUSTÍVEL.

DÊ UM EXEMPLO DE UM SISTEMA AUTOGERENCIADOR NO QUAL O COMPONENTE DE ANÁLISE ESTÁ COMPLETAMENTE DISTRIBUÍDO OU ATÉ MESMO OCULTO.

RESPOSTA: ASTROLABE.

UMA DEFINIÇÃO ALTERNATIVA Pára UM SISTEMA DISTRIBUÍDO É QUE ELE É UM CONJUNTO DE COMPUTADORES INDEPENDENTE QUE DÁ A IMPRESSÃO DE SER UM SISTEMA ÚNicó, ISTO E, O FATO DE HAVER VÁRIOS COMPUTADORES FICA COMPLETAMENTE OCULTO Pára OS USUÁRIOS. DÊ UM EXEMPLO Pára O QUAL ESSA VISÃO Víria MUITO A CALHAR.

RESPOSTA: O QUE VEM IMEDIATAMENTE À NOSSA MENTE É A COMPUTAÇÃO PARALELA. SE PUDÉSSEMOS PROJETAR PROGRAMAS QUE FUNCIONAM SEM QUALQUER GRANDE MODIFICAÇÃO EM SISTEMAS DISTRIBUÍDOS, QUE PARECEM SER OS MESMOS EM SISTEMAS NÃO DISTRIBUÍDOS, A VIDA SERIA ASSIM MUITO MAIS FÁCIL. ALCANÇAR A VISÃO DE UM SISTEMA ÚNicó É CONSIDERADO PRATICAMENTE IMPOSSÍVEL QUANDO A PERFORMANCE ESTÁ EM Jogó.

QUAL O PAPEL DO MIDDLEWARE EM UM SISTEMA DISTRIBUÍDO?

RESPOSTA: AUMENTAR A TRANSPARÊNCIA DE DISTRIBUIÇÃO QUE FALTA EMSISTEMAS OPERANDO EM REDE. EM OUTRAS PALAVRAS, O MIDDLEWARE VISA MELHORAR A VISÃO DE UM SISTEMA ÚNicó QUE UM SISTEMA DISTRIBUÍDO DEVE TER. MIDDLEWARE É UMA CAMADA QUE SE ESTENDE POR VÁRIAS MAQUINAS E OFERECE A MESMA INTERFACE Pára CADA APLICAÇÃO.

MUITOS SISTEMAS EM REDE SÃO ORGANIZADOS EM TERMOS DE UMA RETAGUARDA E DE UMA VANGUARDA. COMO AS ORGANIZAÇÕES SE AJUSTAM A VISÃO COERENTE QUE EXIGIMOS Pára UM SISTEMA DISTRIBUÍDO?

RESPOSTA: UM ERRO FACILMENTE COMETIDO É ASSUMIR QUE UM SISTEMA DISTRIBUÍDO, OPERANDO EM UMA ORGANIZAÇÃO, DEVE SER ESPALHADO NA ORGANIZAÇÃO INTEIRA. NA PRÁTICA, VEMOS SISTEMAS ISTRIBUÍDOS QUE ESTÃO SENDO INSTALADOS DO MODO QUE UMA ORGANIZAÇÃO É DIVIDIDA. NESTE SENTIDO, PODERÍAmós TER UM SISTEMA DISTRIBUÍDO SUPORTANDO PROCEDIMENTOS E PROCESSOS DE RETAGUARDA, BEM COMO TER UM SISTEMA DE VANGUARDA SEPARADO. EVENTUALMENTE, OS DOIS PODEM ESTAR ACOPLADOS, MAS NÃO HÁ NENHUMA RAZÃOPARA DEIXAR ESTE ACOPLAMENTO SER TOTALMENTE TRANSPARENTE.

EXPLIQUE O QUE QUER DIZER TRANSPARÊNCIA (DE DISTRIBUIÇÃO) E DÊ EXEMPLOS DE DIFERENTES TIPOS DE TRANSPARÊNCIA.

RESPOSTA: UMA META IMPORTANTE DE UM SISTEMA DISTRIBUÍDO É OCULTAR O FATO DE QUE SEUS PROCESSOS E RECURSOS ESTÃO FISICAMENTE DISTRIBUÍDOS POR VÁRIOS COMPUTADORES. UM SISTEMA DISTRIBUÍDO QUE É CAPAZ DE SE APRESENTAR A USUÁRIOS E APLICAÇÕES COMO SE FOSSE APENAS UM ÚNicó SISTEMA DE COMPUTADOR É DENOMINADO TRANSPARENTE.

TIPOS DE TRANSPARÊNCIA:

TRANSPARÊNCIA DE ACESSO: TRATA DE OCULTAR DIFERENÇAS EM REPRESENTAÇÃO DE DADOS E O MODO COMO OS RECURSOS PODEM SER ACESSADOS POR USUÁRIOS. EM UM NÍVEL BÁSICO, DESEJAMOS OCULTAR DIFERENÇAS ENTRE ARQUITETURAS DE MÁQUINAS, PORÉM O MAIS IMPORTANTE É CHEGAR A UM ACORDO SOBRE COMO OS DADOS DEVEM SER REPRESENTADOS POR MÁQUINAS E SISTEMAS OPERACIONAIS DIFERENTES. EX.: UM SISTEMA DISTRIBUÍDO PODE TER SISTEMAS DE COMPUTAÇÃO QUE EXECUTAM SISTEMAS OPERACIONAIS DIFERENTES, CADA UM COM SUAS PRÓPRIAS CONVENÇÕES Pára NOMEAÇÃO DE ARQUIVOS. DIFERENÇAS ENTRE CONVENÇÕES DE NOMEAÇÃO E TAMBÉM O MODO COMO OS ARQUIVOS DEVEM SER MANIPULADOS DEVEM FICAR OCULTOS DOS USUÁRIOS E DAS APLICAÇÕES.

TRANSPARÊNCIA DE LOCALIZAÇÃO: REFERE-SE AO FATO DE QUE OS USUÁRIOS NÃO PODEM DIZER QUAL É A LOCALIZAÇÃO FÍSICA DE UM RECURSO NO SISTEMA. A NOMEAÇÃO DESEMPENHA UM PAPEL IMPORTANTE Pára CONSEGUIR TRANSPARÊNCIA DE LOCALIZAÇÃO. PODE-SE CONSEGUIR TRANSPARÊNCIA DE LOCALIZAÇÃO AO SE ATRIBUIR SOMENTE NOMES LÓGICOS Aós RECURSOS, ISTO É, NOMES NOS QUAIS A LOCALIZAÇÃO DE UM RECURSO NÃO ESTÁ SECRETAMENTE CODIFICADA. EX.: HTTP://WWW.PRENHALL.COM/Índex.HTML → NÃO DÁ NENHUMA PISTA SOBRE A LOCALIZAÇÃO DO PRINCIPAL SERVIDOR WEB DA PRENTICE HALL. A URL TAMBÉM NÃO DÁ NENHUMA PISTA SE Índex.HTML SEMPRE ESTEVE EM SUA LOCALIZAÇÃO CORRENTE OU SE FOI TRANSFERIDO Pára LÁ RECENTEMENTE.

TRANSPARÊNCIA DE MIGRAÇÃO: RECURSOS QUE PODEM SER RELOCADOS ENQUANTO ESTÃO SENDO ACESSADOS SEM QUE O USUÁRIO OU APLICAÇÃO PERCEBAM QUALQUER COISA. EX.: RELOCAÇÃO DE USO MÓVEL DE LAPTOPS SEM FIO, CUJOS USUÁRIOS PODEM CONTINUAR A USÁ- LO QUANDO VÃO DE UM LUGAR A OUTRO SEM QUERER SE DESCONECTAR TEMPORARIAMENTE. TRANSPARÊNCIA DE RéplicaÇÃO: A RéplicaÇÃO DESEMPENHA UM PAPEL MUITO IMPORTANTE EM SISTEMAS DISTRIBUÍDOS. RECURSOS PODEM SER REPLICADOS Pára AUMENTAR A DISPONIBILIDADE OU MELHORAR O DESEMPENHO COLOCANDO UMA CÓPIA PERTO DO LUGAR EM QUE ELE É ACESSADO. Pára OCULTAR A RéplicaÇÃO DOS USUÁRIOS, É NECESSÁRIO QUE TODAS AS RÉPLICAS TENHAM O MESMO NOME. POR CONSEQUÊNCIA, UM SISTEMA QUE SUPORTA TRANSPARÊNCIA DE RéplicaÇÃO EM GERAL TAMBÉM DEVE SUPORTAR TRANSPARÊNCIA DE LOCALIZAÇÃO PORQUE, CASO CONTRÁRIO, SERIA IMPOSSÍVEL REFERIR-SE A RÉPLICAS EM DIFERENTES LOCALIZAÇÕES

TRANSPARÊNCIA DE CONCORRÊNCIA: EM MUITOS CASOS OS COMPARTILHAMENTOS SÃO COOPERATIVOS, COMO NO CASO DA COMUNICAÇÃO. TODAVIA, TAMBÉM HÁ MUITOS EXEMPLOS DE COMPARTILHAMENTO COMPETITIVO DE RECURSOS. EX.: DOIS USUÁRIOS INDEPENDENTES, EM QUE CADA UM PODE TER ARMAZENADO SEUS ARQUIVOS NO MESMO SERVIDOR DE ARQUIVOS OU PODE ACESSAR AS MESMAS TABELAS EM UM BANCO DE DADOS COMPARTILHADO. NESSES CASOS, É IMPORTANTE QUE CADA USUÁRIO NÃO PERCEBA QUE O OUTRO ESTÁ UTILIZANDO O MESMO RECURSO. UMA QUESTÃO IMPORTANTE É QUE O ACESSO CONCORRENTE A UM RECURSO COMPARTILHADO DEIXE ESSE RECURSO EM ESTADO CONSISTENTE. PODE-SE CONSEGUIR CONSISTÊNCIA POR MEIO DE TRAVAS DE ACESSO, O QUE DÁ A CADA USUÁRIO, UM POR VEZ, ACESSO EXCLUSIVO AO RECURSO DESEJADO.

TRANSPARÊNCIA À FALHA: SER TRANSPARENTE A FALHAS SIGNIFICA QUE UM USUÁRIO NÃO PERCEBE QUE UM RECURSO DEIXOU DE FUNCIONAR BEM E QUE, SUBSEQUENTEMENTE, O SISTEMA SE RECUPEROU DA FALHA. MASCARAR AS FALHAS É UMA DAS QUESTÕES MAIS DIFÍCEIS EM SISTEMAS DISTRIBUÍDOS E ATÉ MESMO IMPOSSÍVEIS DE SE REALIZAR. A PRINCIPAL DIFICULDADE Pára MASCARAR FALHAS ESTÁ NA INCAPACIDADE DE DISTINGUIR ENTRE UM RECURSO MORTO E UM RECURSO INSUPORTAVELMENTE LENTO. EX.: QUANTO CONTATAMOS UM SERVIDOR WEB OCUPADO, A CERTA ALTURA O TEMPO DO BROWSER SE ESGOTARÁ E ELE AVISARÁ QUE A PÁGINA WEB NÃO ESTÁ DISPONÍVEL. NESTE PONTO, O USUÁRIO NÃO PODE CONCLUIR SE, NA VERDADE, O SERVIDOR ESTÁ AVARIADO.

DISSEMOS QUE, QUANDO UMA TRANSAÇÃO É ABORTADA, O MUNDO É RESTAURADO A SEU ESTADO ANTERIOR, COMO SE A TRANSAÇÃO NUNCA TIVESSE ACONTECIDO. MENTIMOS. DÊ UM EXEMPLO NA QUAL RESTAURAR O MUNDO É IMPOSSÍVEL.

RESPOSTA:

EXECUTAR TRANSAÇÕES ANINHADAS REQUER CERTO TIPO DE COORDENAÇÃO. EXPLIQUE O QUE UM COORDENADOR DEVERIA REALMENTE FAZER.

RESPOSTA: EXECUTAR TRANSAÇÕES ANINHADAS (DISTRIBUÍDAS) REQUER QUE TIPO DE COORDENAÇÃO. O COORDENADOR DE TRANSAÇÃO DISTRIBUÍDA DEVE SE PREOCUPAR EXCLUSIVAMENTE COM GARANTIR QUE TODAS AS SUB-TRANSAÇÕES SEJAM CONFIRMADAS E EFETIVADAS OU CASO CONTRÁRIO, QUE TODAS SEJAM DESFEITAS

ARGUMENTAMOS QUE A TRANSPARÊNCIA DE DISTRIBUIÇÃO PODE NÃO ESTAR PRESENTE EM SISTEMAS PERVASIVOS. ESSA DECLARAÇÃO NÃO VALE Pára TODOS OS TIPOS DE TRANSPARÊNCIAS. DÊ UM EXEMPLO.

RESPOSTA: TRANSPARÊNCIA DE ACESSO, TRANSPARÊNCIA DE LOCALIZAÇÃO, TRANSPARÊNCIA DE RéplicaÇÃO, TRANSPARÊNCIA DE CONCORRÊNCIA

JÁ DEMOS ALGUNS EXEMPLOS DE SISTEMAS DISTRIBUÍDOS PERVASIVOS: SISTEMAS DOMÉSTICOS, SISTEMAS ELETRÔNICOS Pára TRATAMENTO DE SáÚDE E REDES DE SENSORES. AMPLIE ESSA LISTA COM MAIS EXEMPLOS.

RESPOSTA: SENSOR CARDÍAço, APARELHOS DE TV, EQUIPAMENTOS DE ÁUDIO E VÍDEO, DISPOSITIVOS Pára JOGOS, SMART PHONES, PDAS E OUTROS EQUIPAMENTOS DE USO PESSOAL

TERIA SENTIDO LIMITAR A QUANTIDADE DE THREADS EM UM PROCESSO SERVIDOR?

RESPOSTA: SIM. THREADS REQUEREM MEMÓRIA Pára SUA PRÓPRIA PILHA, PORTANTO, SE HOUVER MUITAS THREADS O SERVIDOR PODE NÃO TRABALHAR CORRETAMENTE, OUTRO PONTO É QUE Pára O SISTEMA OPERACIONAL, THREADS INDEPENDENTES TENDEM A OPERAR DE FORMA CáÓTICA, DIFICULTANDO A ESTABILIDADE DO Só, CAUSANDO ERROS DE E/S, ERRO DE PáginaÇÃO, PODENDO LEVAR A DEGRADAÇÃO DO DESEMPENHO DO SISTEMA.

Entradas relacionadas: