Nove desenhos que eu tenho aqui quer as cópias aqui está o primeiro fazer um como este

Classificado em Psicologia e Sociologia

Escrito em em português com um tamanho de 2,8 KB.

- The Language of New Media
Manovich aponta no livro TNMedia 5 carácterísticas dos novos media: representação numérica, variabilidade, modularidade, automação e transcodificação.
A representação numérica é uma consequência da digitalização, toso os objetos novos media são compostos de código digital, a digitalização torna o contínuo (analógico) em discreto (digital). Isto apresenta duas consequências, os novos media podem ser descritos formalmente usando uma função matemática e os novos media estão sujeitos a manipulação algorítmica, como por exemplo, o Photoshop. Ou seja, há uma refuncionalização dos media, tornam-se programáveis.
A modularidade, apelidado por Manovich, como “estrutura fractal dos novos media”, um media pode ser usado em várias escalas sem perder a sua autonomia, apenas se transfigura, apresentam uma estrutura modular progressiva. Os elementos mediáticos, o que era contínuo (imagens, sons, comportamentos) são representados como coleções de elementos discretos (pixels, voxels, scripts). A representação numérica e a modularidade juntos permitem uma automização de certas óperações relacionadas com criação, acesso e manipulação dos media. Por vezes, a intencionalidade humana pode ser removida do processo criativo, é um processo automátiço que refresca, por exemplo, o número de tweets gerados num determinado tempo. Outra consequência da codificação numérica dos media e da estrutura modular de um objeto media é a variabilidade. Os novos media não se apresentam como algo fixo e permanente, ao contrário da forma analógica, os novos media são diferentes pára todos. Há indeterminação, já não há original e copias, mas sim versões similares. As obras podem ser parcialmente geradas por bases de dados, templates e plugins disponíveis na webcare. Com o princípió da modularidade, os novos media podem criar uma espécie de rede intertextual de ligações.
Por fim, o princípió da transcodificação, transforma os media em informação digital com uma estrutura organizacional que “faz sentido” pára os utilizadores humanos. A verdade é que estas coordenadas são metáforas de representação desenvolvidas no âmbito das interfaces de navegação criadas por designers de interação. Por exemplo, jogar ping-pong no move, imitar com o comando o movimento como se fosse mesmo uma raquete.

Entradas relacionadas: